• Joyce Fettermann

Terminei a faculdade. Que caminho posso seguir agora?

Terminei a faculdade. Que caminho posso seguir agora?

Esta é uma pergunta muito frequente entre os recém-formados. E super legítima. Se você já esteve nesse lugar, possivelmente, tinha vontade de começar logo a trabalhar em um lugar bacana e ganhar o próprio dinheiro. Mas, ao encarar a realidade do mercado de trabalho, percebeu que o início não era tão simples assim. E realmente não é.

Algumas pessoas encontram oportunidades de trabalho e estudo antes mesmo de se formar, mas isso não é uma regra. Na maioria das vezes, é preciso distribuir currículos e bater em algumas portas em busca de experiência ou começar a caça aos cursos de especialização e pós-graduação. Algumas perguntas que já ouvi bastante (e continuo ouvindo): o que é melhor, começar a trabalhar logo ou continuar estudando? Faço uma especialização, uma prova de certificação internacional ou um mestrado? Será que eu dou conta de tudo? Para começar, tudo depende de seus objetivos e perspectivas. O início (e qualquer outra fase) da carreira pode ser desesperador, tendo em vista que há muitas dúvidas sobre o próximo passo, mas é essencial que haja um foco. Para isso, você deve estabelecer seu propósito e apontar para ele. É claro que você pode mudar de ideia no meio do caminho, mas isso é outra questão. Como professores, temos que planejar as aulas para sabermos como elas vão acontecer, não é mesmo? Pode ser que haja percalços, que as atividades planejadas não se adéquem ao perfil da turma, que falte ou sobre tempo e tenhamos que tirar uma carta da manga, enfim, muita coisa pode acontecer. Na vida também é assim. Mesmo com a possibilidade de mudanças, devemos planejar.

Planejar a carreira requer atitudes práticas. Vejamos algumas:

1) Primeiro, pense no que gostaria de estar fazendo no futuro. O que atrai mais o seu olhar na profissão que escolheu? Como você acha que consegue chegar lá? Que cursos pode fazer para se capacitar/especializar? Quem poderia ajudar você nesse processo? O que você vai fazer para alcançar esse objetivo?

2) Seu objetivo pode ser alcançado em curto ou longo prazo? Veja bem o meu caso. Desde a faculdade, admirando minhas professoras, comecei a sonhar em ser professora universitária. Quando me formei na licenciatura e terminei a especialização, logo comecei a trabalhar em cursos de inglês, mas aquele sonho estava no meu coração. Então, parei para pensar: o que tenho que fazer para ser uma professora universitária? A partir disso, fiz pesquisas na internet e decidi: preciso começar pelo mestrado. Eu sabia que para chegar lá, era necessário estudar muito, já que a concorrência não é pequena e todo o processo é bem difícil. Resumindo, fiz o mestrado, me encontrei nesse meio acadêmico, já tive experiências bem bacanas no ensino superior e continuo com o foco no que quero para o futuro, fazendo, agora, o

doutorado. Desde o início, muitas coisas mudaram (lembra como o planejamento pode mudar?), mas continuo com os olhos fixos no meu objetivo.

3) Não se compare a outras pessoas. Fazer comparações é algo bem injusto com você. Somos diferentes, pensamos de formas diferentes, trabalhamos de formas e em ritmos diferentes, tomamos caminhos diferentes na vida. Então, tome decisões pautadas em sua própria história.

4) Procure pessoas e empresas que tenham valores com os quais você concorda. Trabalhar com algo em que a gente não acredita deve ser bem ruim. Então, busque algo que tem a ver com seu perfil, em que as pessoas trabalham por um bem comum, onde você sinta que pode se encaixar e contribuir com suas habilidades e ideias.

5) Por fim, mas de forma alguma esgotando o assunto, use seu tempo com sabedoria. Se você optar por trabalhar logo depois da faculdade, lembre- se que capacitar-se é essencial. Quem não se dedica a aprender constantemente, fica para trás. A todo momento surge uma novidade e quem aprende a lidar com ela e a aplicá-la em seu contexto, só tem a ganhar. Caso você opte por estudar, estude de verdade. Não gaste seu tempo e dinheiro se enganando. Faça cada minuto e centavo investidos valerem a pena.

Os objetivos traçados funcionarão como um norte e ajudarão na sua tomada de decisões. Após pensar nas possibilidades e planejar, é hora de viver uma etapa de cada vez. Não queira “atropelar” os processos. Hoje, vejo muito as pessoas querendo pular etapas e chegar a um certo ponto da carreira sem as vivências que são necessárias ao amadurecimento e crescimento no tempo certo. Portanto, planeje e viva intensamente os sonhos que tem.

Joyce Fettermann

44 visualizações

Contact

Follow

info@troikabr.com | Rua Girassol, 608 | Vila Madalena | São Paulo | 05433-001

atendimento via whatsapp: clique aqui

  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon

©2020 by troika | Troika Serviços Educacionais LTDA |CNPJ 298543810001-58 | Conheça nossos termos de uso e nossa política de privacidade.