O pensar visível por meio das rotinas de pensamento em sala de aula


As Rotinas de Pensamento foram criadas por um grupo de educadores da Escola de Educação de Harvard em 2005 e, desde então, têm sido aplicadas na instituição de ensino onde atualmente leciono para crianças e adolescentes do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Aplicadas pelo professor, essas rotinas são estratégias simples de sistematização do pensamento que auxiliam os alunos com a aquisição de conhecimento, uma vez que o estímulo ao pensar é essencial à aprendizagem.


Existem várias rotinas de pensamento, mas a escolhida para ser trabalhada com um grupo de alunos do 2º ano do Ensino Médio foi a 3-2-1 Bridge. Essa rotina consiste no registro de 3 palavras, 2 perguntas e 1 comparação iniciais pelos alunos sobre um assunto, em Língua Inglesa, trazido pelo livro didático, Investigative and Undercover Journalism.


Como um dos objetivos era fazê-los praticar o idioma oralmente, os alunos apresentaram seus registros ao grupo, explicando o porquê da escolha das palavras, das perguntas e da comparação. Na sequência, foi apresentado um vídeo – TED Talk – sobre uma jornalista nascida na Coréia do Sul, criada nos Estados Unidos, que decide ir à Coréia do Norte, disfarçada de professora universitária, para pesquisar sobre o estilo de vida dos cidadãos em meio a um regime ditatorial.


Como outro objetivo principal da aula, para que tivessem mais uma oportunidade de praticar a oralidade em Língua Inglesa e pudessem compreender o conceito de Investigative and Undercover Journalism, foram discutidos todos os fatos relevantes apresentados pela palestrante Suki Kim em sua jornada pela Coréia do Norte. Esse Ted Talk serviria, assim, como a Bridge (a Ponte) entre os primeiros registros feitos pelos alunos e os que viriam, novamente, na sequência da discussão sobre o vídeo. Assim, pela segunda vez, os alunos registraram mais três novas palavras, duas novas perguntas e uma outra comparação, baseadas no Ted Talk que assistiram, bem como na discussão posterior ao vídeo.


A ideia central seria, então, fazer com que os alunos conseguissem, de fato, visualizar seus pensamentos com relação ao tópico Investigative and Undercover Journalism, refletindo sobre o assunto, bem como levantando questões sobre ele, de modo a discutir o que foi abordado no Ted Talk, utilizando-se da Língua Inglesa como ferramenta a ser lapidada de forma contínua. Além disso, teriam a oportunidade de rever suas ideias sobre o tópico antes de toda a discussão ocorrida e comparar com seus novos conceitos, após tudo o que foi trabalhado em aula.


Tudo isso só foi possível com o uso da Rotina de Pensamento 3-2-1 Bridge, utilizada como uma metodologia que torna o pensamento do aluno concreto e visível, auxiliando o professor no desenvolvimento de uma cultura do pensar e do refletir, essencial à aquisição de conhecimento. Como resultado da metodologia aplicada, foi possível observar, também, uma mudança na forma de pensar dos alunos diante do paralelo traçado entre as primeiras palavras, questões e comparações no momento anterior ao vídeo, em relação à segunda fase do registro; processo esse dinâmico e essencial que leva à aprendizagem.



Texto escrito por: Lucimara Bauab Bochixio Bello


401 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo